14°C 20°C
São Paulo, SP
Publicidade

REVIEW: "Batidão Tropical" - Pabllo Vittar

Cheia de tesão, Pabllo Vittar se mune em regionalismo, agarra suas raízes e cintila o batidão mais hyperpop do momento.

04/03/2023 às 20h07 Atualizada em 04/03/2023 às 20h26
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: ACERVO / Reprodução
Foto: ACERVO / Reprodução

Álbum: Batidão Tropical

Artista: Pabllo Vittar

Nota: 9/10

 

Continua após a publicidade

Atualmente, Pabllo é a maior artista pop do país! Pode não ser a mais famosa, nem a que tem mais hits, contudo, é a que entrega a maior conceito e coesão em abundância nos seus trabalhos. Seu novo álbum, "Batidão Tropical", lançado numa noite de São João, não poderia escapar desse paralelo.

 

Continua após a publicidade

Após um primeiro single morno e uma estética que dividiu opiniões, Pabllo finalmente lançou seu novo projeto - que gerou uma pequena revolta do público pelo fato de mais da metade dele ser regravações. Contudo, a Drag apresentou mais um material impecável com a junção dos melhores fatores de sua carreira, como o do apelo para o público geral com "Ama Sofre Chora" e um tecnobrega em "Triste com T", com uma carinhosa referência para a cantora Alcione. O disco continua em faixas como "A Lua", onde a maranhense apresenta uma das melhores performances vocais de sua carreira, além de uma produção impecável e uma parceria lírica com Alice Caymmi.

 

Continua após a publicidade

Começam as regravações, e olha, que grata surpresa… Pabllo toma as faixas para si e adiciona um toque particular e autêntico seu em cada faixa. "Ânsia", uma regravação da “Companhia do Calypso”, uma das bandas favoritas de Pabllo - algo já declarado pela drag em diversas ocasiões - se tornou praticamente uma canção original, seja pelos vocais característicos ou pela produção com um pé no pop brasileiro, muito diferente da versão cantada pela ex-vocalista Mylla Carvalho.

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

"Apaixonada", pertencente à Banda Batidão, é mais um destaque do disco,apresentando o característico tecnobrega com uma marca registrada presente em quase todo o disco: o nome de Vittar dito com bastante personalidade. Seguimos com "Ultra Som", feita pela banda Ravelly, aparentemente é a mais especial para Pabllo, que declarou no Twitter a nostalgia ao cantar pois ouvia muito a canção quando morava em Santa Izabel do Pará. A canção contém referências diretas ao produtores da faixa, além de um som muito característico e futurista, que apesar de mostrar um lado diferente no disco, não soa desconexo.

 

Chegamos a "Zap Zum", outra regravação da Companhia do Calypso, mais parecida com a original, porém sustentada em muita personalidade, fazendo justiça a um dos maiores sucessos do grupo. A canção tem, na sua ponte, uma referência aos marcantes gritinhos agudos que a vocalista fazia na grande parte das músicas e que foi pulverizado como marca registrada da banda.

 

Continua após a publicidade

"Não é Papel de Homem", da Banda Vendaval, se destaca no álbum por lembrar bastante algo que a artista teria feito no seu segundo disco, o "Não Para Não". "Bang Bang", que começa com um tom faroeste, um quase sample da famosa canção "Bang Bang (My Baby Shot Me Down)", de Nancy Sinatra, é a última faixa do álbum, além de ser a terceira regravação da "Companhia do Calypso". Fechando com chave de ouro um dos maiores discos da carreira de Pabllo, que após ter frustrado muitas pessoas com seu interessante disco anterior, o 111, volta com toda a sua glória, ressignificando o próprio trabalho e mostrando que suas raízes maranhenses sempre estarão consigo e continuará a levá-la cada vez mais alto no panteão da música brasileira.

 

 

Apesar de muito descrédito por parte de muitos, Pabllo entrega mais um projeto inteligente e cheio de referências regionais, um projeto extremamente prazeroso.

Review publicada originalmente em nosso boletim informativo na data (Jul 6, 2021): acervo.substack.com

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
São Paulo, SP
20°
Parcialmente nublado

Mín. 14° Máx. 20°

20° Sensação
2.68km/h Vento
79% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h47 Nascer do sol
05h36 Pôr do sol
Ter 20° 15°
Qua 24° 14°
Qui 26° 16°
Sex 24° 15°
Sáb 24° 15°
Atualizado às 13h05
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,44 +0,26%
Euro
R$ 5,93 +0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,08%
Bitcoin
R$ 365,498,03 +9,98%
Ibovespa
129,393,16 pts 0.38%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias